quarta-feira, 22 de setembro de 2010

SHOW DE FORRO DO ESCROTO

É em natal, mas se aplica no restante do Brasil, variando apenas o estilo musical.

O pré-show de forró começa em casa. Na hora de se arrumar para ir pro show o escroto coloca um CD de forró no seu micro system no volume máximo e vai tomar banho. Depois do banho pega uma lata de cerveja pra ir tomando enquanto se arruma pra já ir se animando. Então o escroto pega sua camisa de botão xadrez, seu sinto de fivela e sua bota. Penteia o cabelo pra ficar todo nos trinques e ta pronto. Ou melhor, quase pronto, ficou faltando o acessório favorito dos escrotos, a pulseira de ouro combinada com uma corrente de prata. O perfume ele não coloca em casa, leva pro carro pra colocar antes do show, tem que chegar lá o mais cheiroso possível, afinal, bixinha que é bixinha gosta de cara cheiroso.

O show de forró sempre começa no posto antes de chegar ao destino. Lá os escrotos chegam nos seus celtas, pálios e gols, todos rebaixados com um rodão e no lugar da mala, tem um som digno de trio elétrico. O primeiro passo é abrir a mala e ligar o som no máximo e colocar um cd de forró, mas, por favor, que seja aviões do forró. Aviões do forró está para o forró assim como cristo está para a humanidade. Existe o antes e o depois de aviões na cultura forrozeira.
Com três ou quatro carros emparelhados, todos no mesmo estilo, mas cada um tocando uma musica diferente, numa espécie de competição para ver quem tem o CD com o show mais novo de Aviões que foi gravado em Cajazeira, Patos ou Jandaíra no ultimo final de semana, os escrotos ficam dançando sozinhos na frente do carro, numa espécie de dança do acasalamento tentado chamar a atenção das bixinhas que passam por ali. Bater o pé no show, e levantar a mão que segura o copo é a dança mais comum entre os escrotos que estão ali bebendo o seu teacher, sua cerveja ou que compraram uma lata de pitu, na tentativa de chegar ao show melado.

Depois de terem mostrado suas imagens no posto, os escrotos seguem nos seus carros, geralmente com lotação máxima ocupada por outros amigos escrotos em direção ao show. Mesmo tendo que pegar uma estrada sem iluminação para chegar ao lugar do show, os escrotos vão só com o farol de neblina (de xenon, claro!) aceso. Afinal, isso é coisa de escroto. E bixinha que é bixinha, gosta de “caba” escroto.

Depois que chegam ao local do show, provavelmente o Forró no Facho, Forró do Pote, Forró do Karne e Keijo ou algum outro forró com o nome digno de receber um leão de ouro no festival de Cannes, os escrotos vão procurar os cambistas, sempre num grupo grande para poderem negociar. Ver se o cambista faz um ingresso que custa R$ 20,00 por R$ 19,00. Porque o escroto tem sempre que levar vantagem em tudo.

O escroto chega ao show, junta os amigos e vai ao bar rachar um litro do legítimo e bom Teacher, mas que pros íntimos, pode ser chamado de “professor”. Mas agora que vem o ponto alto do escroto no show, é colocar uma mesa de apoio ao litro de teacher no pé do palco. Geralmente perto da caixa de som do lado esquerdo, que é onde as bixinhas ficam. Um escroto não é escroto se não tiver uma mesa com um litro de teacher no pé do palco. Tudo que ele fez até esse momento é desconsiderado se a mesa não estiver lá. E nessa mesa, ficam uns 10 escrotos disputando a atenção das bixinhas com as outras mesas dos outros escrotos.

O escroto tem que saber dançar forró tão bem quanto um pedreiro sabe fazer uma parede. Mas o básico dois pra lá, dois pra cá está fora do repertorio de dança do escroto. O escroto dança forró numa mistura de lambada com salsa, onde joga a bixinha pra lá e pra cá, rodopiam e sem nunca perder o gingado. Esta espécie tem outra característica, ele nunca leva um fora de uma bixinha, ele é maior que isso. Se depois de três musicas de aviões o escroto não pegou a bixinha, o amigo vai lá e fala “e ai, zerou?” ele com certeza vai responder “nada, nem dei em cima”.

Mas ele sabe que zerou, e depois de outras tentativas fracassadas, quando percebe que o show já está perto de acabar, ele vai pro “direitão”, ou, o lado direito do palco, onde estão todas as “pinicas” esperando pelos escrotos que vão lá, as beijam e logo saem contando vantagem pros amigos. Quanto mais melhor, afinal, um show é medido pelo escroto pela quantidade de pessoas que ele pegou. Geralmente segue essa regra:

“rapaz, o show foi uma merda! Pense!” = não pegou ninguém, nem chegou perto.

“homi, foi normal o show, nada demais” = ficou dançando com uma bixinha, mas ela zerou ele.

“foi bom o show” = pegou alguém

“ei, pense num show massa” = pegou entre 2 e 4 pinicas
“meu amigo, o show foi dirmantelo viu! Pense!! Aviões botou p descer!!” = pegou umas 5 pinicas e talvez uma bixinha

Depois, quando tudo acaba, o escroto vai pra casa, com o humor proporcional ao número de pessoas que ele ficou. Mas ainda não acabou, depois do show o escroto vai lanchar. Quase sempre num sebosão, mas não num sebosão qualquer, no preferido do escroto, todo escroto tem o seu sebosão preferido, geralmente fica perto de casa. E só depois do sebosão que ele vai pra casa dormir de bucho cheio até acordar as 13:00 e começar um domingo escroto.






Wallace Frade.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Contador de acessos

Marcadores

pt (25) enquete (17) Dilma (15) cinema (15) brasil (12) futebol (11) f1 (10) corrupção (9) esporte (9) desgoverno pt (8) mensalão (8) comunismo socialismo (7) curiosidade (7) eua (7) lula (7) Lula corrupto (6) corruptos (6) humor (6) comunistas (5) copa 2014 (5) mundial (5) tv (5) youtube (5) Thatcher (4) basquete (4) derrota (4) esquerda (4) filme (4) governos militares (4) presidente (4) Estátua de lula (3) Reagan (3) economia (3) eleição (3) globo (3) lulálcool (3) natal (3) orkut (3) tecnologia (3) video (3) 31 de Março (2) 80s (2) Brasileiros (2) Carros caros (2) Flashback (2) Forró (2) Impeachment (2) Itamar Franco (2) Mixed set (2) Natal 2014 copa (2) PC do B (2) Piada besta (2) TV aberta (2) ayrton (2) battisti (2) bin laden (2) bolsa família (2) chavez (2) che assassino (2) deputados (2) e-mail (2) escandalo (2) esquerdismo (2) família sadia (2) feminismo (2) gisele bundchen (2) governador (2) idiotas úteis (2) inflação (2) inglaterra (2) justiça (2) marxismo (2) marxistas (2) mentira (2) micarla (2) mixtape (2) mulher (2) neymar (2) obama (2) pachecada (2) politicamente incorreto (2) porno (2) quadrilha do pt (2) racismo (2) ronaldinho (2) set mixado (2) stf (2) venezuela (2) viadagem (2) violencia (2) 1000 gols (1) 1000 postagens (1) 2011 (1) 27 anos (1) 60000 VISITAS (1) 7 de setembro (1) ABC FC (1) Adesivo para carro (1) Amy and Tony (1) Arena das dunas (1) BBB (1) Bolsonaro (1) Capitalismo (1) Comissão da verdade (1) Comunismo (1) Dance music (1) Diário de Natal (1) Do Fundo do Baú (1) Dominguinhos (1) Dívidas interna e externa (1) Elefante contra leões (1) Eleições livres (1) Elvis Preley (1) FHC (1) FHC demagogo (1) Feliz Natal (1) Fidel Castro (1) Franklin Martins (1) Gaddafi (1) Hugo Chavez (1) INELEGIVEIS (1) Igreja Católica (1) Jabor (1) Jesus Cristo (1) José alencar (1) Juizes e promotores (1) Lampião (1) Lula bêbado (1) Lula comunista (1) Lula e Fidel (1) Lula mentiroso (1) Lula multado (1) Luladrão (1) Mano Brown (1) Michael Jackson (1) Monteiro lobato (1) Mulheres (1) OVNIs (1) PM (1) Padre Fábio (1) Padre Marcelo Rossi (1) Pai nosso (1) Palocci (1) Patrulha ideológica (1) Paul McCartney (1) Paul o polvo (1) Petismo (1) Petralha (1) Prof.Amanda (1) Páscoa (1) Quem sou eu (1) Radicalismo gay (1) Roberto Carlos (1) Saramago (1) Serra 45 (1) Sousa (1) Trump (1) Twitter (1) Túlio maravilha (1) Wagner Moura (1) acessoria (1) adeus cachorro (1) afeganistão (1) amazonia (1) amigos (1) américa rn (1) anatomia de um nordestino (1) anticomunismo (1) arnaldo jabor (1) arte moderna (1) atraso nas obras (1) baianos (1) barretos (1) biografia (1) boca juniors (1) bozo (1) brasileiros otários (1) briga de gato (1) bueno (1) cai-cai (1) caiu na merda (1) calcinha (1) campeão (1) capoeira (1) carlinhos cachoeira (1) carnatal (1) carnaval não presta (1) carros e educação (1) cartas de natal (1) cbf (1) celulas-tronco (1) censo 2010 (1) charge (1) charme funk (1) chavismo (1) chivas 18 (1) chuva (1) chávez (1) cicarelli (1) cleber machado (1) comportamento (1) congresso nacional (1) congresso nacional do PT (1) conquista amorosa (1) conselho médico (1) coreia (1) costinha (1) cpi (1) craques (1) criança esperança (1) crise econômica (1) crise grega (1) crueldade com animais (1) cruz tribunais (1) cuba (1) dance underground 90s (1) demagogia (1) democracia (1) desarmamento (1) desrespeito religioso (1) destruição da família (1) didi (1) ditabranda (1) documentario (1) educação (1) ensino (1) entrevista (1) escroto (1) espanha (1) esquerda x direita (1) falência (1) ferias (1) ferreira gullar (1) fifa (1) fisiologismo (1) floresta (1) fora mano menezes (1) fracasso (1) futebol brasileiro (1) g1 (1) galvão (1) gasolina (1) gatos (1) governadores (1) gp (1) gretchem (1) guerra (1) gugu (1) henrique alves (1) herança maldita (1) heróis de filmes (1) heterossexual (1) hipocrisia contra a policia (1) homem (1) house music (1) humberto (1) igrejas evangélicas (1) impostos (1) imprenssa (1) internet (1) iraque (1) islamismo (1) jameson (1) jenna (1) jong-il (1) julgamento (1) juliana (1) kim (1) legalização (1) lewandowski (1) livros (1) locadora de mulher (1) luiz gonzaga (1) lulálcool bêbado (1) maconha (1) malandro (1) mandato (1) marcha das vadias (1) maçom (1) mega sena (1) memes dirty harry (1) miami (1) mixagens (1) morte de bezzero (1) mudanças sociais (1) musica (1) médicos cubanos (1) música (1) negra (1) nelson (1) nelson motta (1) nelson rodrigues (1) nina a hamster (1) nordeste (1) norte (1) oscar (1) paes (1) pan (1) paraguai (1) parreira (1) pedofilia (1) pele (1) pena de morte (1) piadas machistas (1) pirataria (1) playboy (1) podcast (1) politica brasileira (1) politica e internet (1) politica externa (1) política (1) ponta (1) povo (1) presidio (1) preto (1) professores (1) progressismo (1) ptc (1) rbd (1) reforma política (1) religião (1) remix (1) repressão (1) reveillon (1) ricardo texeira (1) rio são francisco (1) rolezinhos (1) romario (1) rosalba (1) rugby (1) sabão omo (1) saddan (1) sampa (1) sbt (1) senado (1) sergio (1) sergio cabral (1) severino (1) sexo e saúde (1) som automotivo (1) sos (1) steve jobs (1) suicidas úteis (1) terrorismo no brasil (1) times odiados (1) tiririca (1) torcer futebol (1) transposição (1) tribunais brasileiros (1) turistas (1) universidade (1) vagabundagem (1) vexame brasileiro (1) viado e sapatão (1) vice (1) violência (1) viver (1) volei (1) xaxá (1) xeque (1) yoani sánchez (1) zé lezin (1)
Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!